Imagem do logotipo do site Escola de Alto Desempenho em formato de quebra-cabeça montado - em que aparecem crianças - umas à frente das outras como num círculo - olhando atentamente para a imagem de um gráfico do IDEB, no qual há o nome do site Escola de Alto Desempenho na parte inferior a ele que é um instrumento que demonstra o crescimento no desenvolvimento da educação brasileira.

 Vamos escrever juntos uma nova página da educação brasileira.


Imagem-contendo-dois-modelos-do-livro-Escola-de-Alto-Desempenho-em-que-um-dos-exemplares-está-apoiado-na-caixa-correspondente-a-ele
32 formas para tornar a Gestão Educacional mais fácil e eficiente.
É possível ler a apresentação e um capítulo do livro Escola de Alto Desempenho. Além disso, saiba como obter um exemplar do livro!


Imagem-de-quebra-cabeça-em-que-montado-mostra-um-grupo-de-crianças-em-círculo-próximas-a-um-globo-terrestre
Faça o Download e monte o Quebra-Cabeça!
 

 QUALIFICAÇÃO EM GESTÃO

 
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Bombeiro ou Gestor? Faça a sua escolha!
fiogf49gjkf0d

Muitos autores vêm ressaltando a falta de aplicabilidade dos cursos de formação desenvolvidos para educadores, em especial aqueles voltados a gestores escolares.

A ausência de tal aplicabilidade é facilmente identificada, pois além de privilegiar conteúdos e atividades muito díspares da realidade escolar, tais cursos não costumam promover a produção de novos conhecimentos e a (re)construção de práticas profissionais.

Na maioria das vezes, os conteúdos baseiam-se em conceitos anteriormente trabalhados nos próprios cursos de graduação do gestor, em atividades pouco estimulantes e em raros momentos de troca de experiências.

Os gestores não são incitados a refletir sobre o seu papel de líder, a repensar sobre seu método de trabalho, tampouco a buscar aquele que deveria ser o objetivo fim da escola: a formação e o aprendizado de seus alunos.

Em meio a tantas demandas, a matrícula despretensiosa e desprovida de critérios em quaisquer cursos de formação não parece ser a melhor alternativa para o desenvolvimento de uma gestão verdadeiramente eficaz.

Afinal, de nada vale um diploma ou um certificado se não se consegue representar na prática o significado da teoria. Dentre as demandas, pode-se destacar:

- Administração de recursos físicos, materiais e financeiros.

- Proposição, acompanhamento e avaliação de propostas educacionais.

- Definição e acompanhamento dos padrões de desempenho dos alunos.

- Análise dos indicadores de avaliação externos.

- Grande desafio de liderar pessoas.

O gestor escolar habituou-se a ser um verdadeiro bombeiro, o qual “apaga incêndios” à medida que vão surgindo.

Mas, e os alunos? Será que são efetivamente “salvos”? Não restam dúvidas de que investir em formação profissional é imprescindível para o alcance do objetivo final de qualquer instituição escolar.

Contudo, não se deve perder de vista os objetivos que precisam ser atingidos com tal formação.

Para gerar bons resultados, os programas de formação devem selecionar conteúdos embasados nas reais e atuais demandas do gestor, promover atividades interativas, desenvolver competências, construir saberes, aliando sempre teoria à prática.

No caso, proporcionar oportunidades de aprendizagem de conteúdos que não puderam ser vistos nem vivenciados ao longo de sua formação acadêmica e trajetória profissional.

Assim como os bombeiros lutam para resgatar vidas, sabemos que o educador busca salvar cidadãos da exclusão social, da qual estão expostos.

No entanto, enquanto um atua prioritariamente sobre urgências e emergências, o outro busca justamente o inverso, agindo sempre preventivamente, de forma a promover melhores resultados.

Sua tarefa é muito importante! Então, faça a diferença!

Amanda do Nascimento Morgado é psicóloga e orientadora-educacional na empresa Planeta Educação.

 ENVIE SEU COMENTÁRIO

Preencha todos os dados abaixo e clique em Enviar comentário.




(seu e-mail não será divulgado)




Voltar